segunda-feira, 27 de abril de 2015

"Corporação RAND" a responsável pela tecnologia da Nova Ordem Mundial



A RAND Corporation, com sede na Califórnia, é uma instituição sem fins lucrativos que realiza pesquisas para contribuir com a tomada de decisões e a implementação de políticas no setor público e privado.

A RAND examinou 29 países e os classificou em quatro categorias: os tecnologicamente avançados, os competentes, os países em desenvolvimento e os atrasados. De acordo com o estudo, países como Brasil, México, Turquia, Colômbia, Indonésia, África do Sul e Chile estão preparadas para aproveitar aplicações tecnológicas moderadamente sofisticadas.

Entre elas, cita "dispositivos para monitorar constantemente o movimento desde produtos a pessoas; exames diagnósticos fáceis de serem efetuados que deem resultados imediatos para um espectro grande de infecções; e métodos de fabricação inócuos para o meio ambiente". O estudo conclui que até 2020 "as pessoas nos Estados Unidos e Canadá, Alemanha (representando a Europa Ocidental), Coreia do Sul e Japão, Austrália e Israel serão beneficiadas pelos maiores avanços tecnológicos, e serão capazes de aproveitar esta tecnologia independentemente de quanto sofisticada ela seja".

Como exemplos de potenciais avanços de alta tecnologia, a geração de tecidos para implantar e substituir partes do corpo humano; a criação de uma ampla rede de sensores para efetuar vigilância em tempo real; o acesso à informação em qualquer momento e em todas as partes; e a fabricação de computadores que poderão ser utilizados sempre.

Entre os países cientificamente competentes, China, Índia, Rússia e outros como Polônia (representando a Europa Oriental) também poderão realizar avanços significativos e outros ainda mais importantes.

Fonte: WIKIPEDIA


Como nos filmes de Hollywood sempre tem um empresa responsável pela criação de robôs, manipulação e criação de vírus, armas letais de guerras, experiências em seres humanos, descoberta e ocultação de assuntos como vida extraterrestre, nefilins e civilizações antigas. Ema cada filme de ficção podemos apontar uma empresa responsável por tais coisas, vou dar alguns exemplos de alguns filmes apocalípticos e suas empresas ou corporações fictícias responsável pelo fim do mundo ou quase.

- O Exterminador do Futuro: Skynet
A Skynet é a primeira Rede de Defesa Automatizada do mundo e seu o processamento de dados e informações é de noventa teraflops por segundo. É a força controladora por trás de todas as unidades militares de batalha. Ela processa bilhões de dados de unidades de batalha enquanto, ao mesmo tempo, desenvolve táticas e coordena ataques de Exterminadores por todo o mundo. A Skynet tem o controle sobre tudo que tiver um processador da Cyberdyne Systems.
- Resident Evil: Umbrella Corporation
Umbrella Corporation é uma empresa fictícia criada para criar armas biológicas. Na franquia de filmes a Umbrella é a principal vilã sendo comandada por Albert wesker que perdeu o controle da empresa para a IA Rainha vermelha que retorna em Resident evil retribuition.
- Série Lost: Iniciativa Dharma
Os DHARMA ( D EPARTAMENTO de H euristics A nd R NVESTIGAÇÃO em M aterial A pplications ) Initiative foi um projecto de investigação científica que teve uma grande presença na ilha entre os anos 1970 e início dos anos 1990. Objetivo geral da iniciativa foi o de manipular as leis científicas, a fim de alterar qualquer um dos seis fatores da Equação de Valenzetti , uma sequência que se acreditava ter alguma conexão com a data que marca o fim da humanidade, na esperança de retardar tal data.
- M.I.B. Homens de Preto: Organização Secreta M.I.B.
A M.I.B. é a organização secreta mais conhecida da Terra. Nela se reúnem os homens com os ternos mais pretos do mundo para praticar diplomacia intergaláctica com seres de outros planetas. É famosa universalmente devido a sua sigla de 3 letras, das quais 1 delas é um i minúsculo e as outras duas são consoantes maiúsculas: MiB. 

Como vimos nos exemplos acima, temos varias empresas criadas para representar o caos apocalíptico, mais os exemplos acima são de filmes, são ficção e não se trata da vida real, será? 

Bem atualmente temos uma empresa controlada pelos Illuminatis chama RAND Corporation (Corporação RAND), essa corporação é responsável por: desenvolvimento de robôs, armamento militar avançado, armas biológicas, desenvolvimentos de virus, experiências em seres humanos, descoberta e ocultação de assuntos como vida extraterrestre, nefilins e civilizações antigas. 

Guarde bem esse nome em sua mente logo iremos ouvir falar muito dele "Corporação RAND" provavelmente será a empres responsável pela "redução populacional" e pela tecnologia que irá caçar os que iram parte da "Resistência pós Nova Ordem Mundial".

=======================================

A corporação RAND por Alex Abella


A compreensão do papel da corporação RAND (Research and Development) na Nova Ordem Mundial é crucial. Lamento que esta informação esteja exclusivamente em Inglês.
A RAND é uma perigosíssima organização sobre a qual já foi aqui feito um post.
Propuseram uma ataque nuclear à ex União Soviética -- e mesmo a todos os países do pacto de Varsóvia -- de modo a que os EUA fossem a única potência dominante, e propuseram também um falso ataque a Cuba -- antes da crise dos mísseis -- à semelhança do que aconteceu com o Golfo de Tonkim, um falso ataque que arranjou o pretexto para os EUA atacarem o Vietnam / Vietnã.
Esta corporação usa não só as ciências exatas mas também as humanas para imaginar cenários possíveis por parte de um possível inimigo. Por exemplo foram consideradas as recções possíveis de Staline se a ex URSS fosse atacada.
A RAND funciona de modo a que o complexo indústrio-militar americano se mantenha com o mesmo poder e verbas - ou que aumente claro -- e não voltar aos anos de 1930 onde o presidente Roosevelt dispendeu mais dinheiro em serviços sociais para os americanos que com os militares. Assim a RAND tem providenciado quais os inimigos que se deviam seguir á queda da URSS. Durante algum tempo foi a China, depois os Talibãs e mais recentemente o próprio povo americano.

Não há qualquer conexão com ÉTICA. Apenas um total maquiavelismo de que os fins justificam os meios.
Alex Abella descreve que quando pediu à RAND para fazer a sua investigação usando os seus arquivos, uma vez que nada havia sido escrito sobre a corporação, e era interessante saber o seu papel na política Americana e na história recente.
Para sua surpresa abriram-lhe as portas, mesmo quando Abella lhes disse que quera investigar tudo de bom ou de mau que tivessem feito. Pediram-lhe apenas que os mantivessem ao conrrente das suas onvestigações.
Abella afirma que nada tem a dizer sobre as pessoas da crporação. São homens honrados, e esta é a parte mais trágica. Finalmente Abella cita Thomas Jefferson: o preço da liberdade é a eterna vigilância.



Nenhum comentário: