quarta-feira, 22 de março de 2017

RJ CONFIRMA DOIS CASOS DE FEBRE AMARELA NO ESTADO, COM 1MORTE

Dados são da Secretaria Estadual de Saúde, que também divulgou nova estratégia de imunização.

A secretaria de Estado de Saúde informou na tarde desta quarta-feira (15) que foram confirmados os dois primeiros casos de febre amarela silvestre com transmissão dentro do Estado do Rio de Janeiro, desde a notificação dos primeiros casos em humanos em Minas Gerais.



O órgão estadual também confirmou que um dos casos confirmados foi o de Watila Santos, de 38 anos, que morreu no sábado (11).

Ainda de acordo com o órgão, após a realização de exames, foram registrados resultados positivos para o vírus em dois homens, moradores da área rural do município de Casimiro de Abreu (Região das Baixadas Litorâneas), sem histórico de viagem para áreas onde há comprovação da circulação da doença.

Diante dos resultados, a secretaria informou também que vai adotar de forma imediata novas medidas, além da vacinação já anunciada para todo o Estado e que será realizada de forma gradativa em todo o território fluminense.

As novas ações compreendem a antecipação da vacinação para 24 municípios estratégicos, nas regiões Norte, Noroeste, Serrana, dos Lagos e no entorno da reserva do Poço das Antas.

São eles: Sumidouro, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Rio Bonito, Silva Jardim, Rio das Ostras, Cabo Frio, Macaé, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Macuco, Trajano de Moraes, Conceição de Macabu, Tanguá, Araruama e Casimiro de Abreu (que não estavam na área de vacinação de bloqueio nas divisas com MG e ES), além de Campos dos Goytacazes, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, São Fidélis, Cardoso Moreira, Carmo, Cantagalo e Sapucaia (que já estavam entre os 30 municípios com vacinação de bloqueio). A prioridade da campanha será imunizar a população residente ou que trabalha em áreas de mata e zonas rurais.

Para a primeira etapa da vacinação dos habitantes destes municípios, o Ministério da Saúde vai disponibilizar 1 milhão de doses de vacinas, que serão entregues nesta quinta-feira (16) para a Secretaria, que fará a distribuição para os municípios. A estratégia foi alinhada durante reunião do secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr., com o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Adeilson Cavalcante, e o diretor de Bio Manguinhos, Artur Roberto Couto, na manhã desta quarta (15) na Fundação Oswaldo Cruz.

Os demais municípios, incluindo a capital e a Região Metropolitana, integrarão as duas fases seguintes, com previsão de início até o fim do mês de março, mediante a liberação de novos lotes de doses a serem disponibilizados pelo MS para o RJ. A SES reforça que todo o Estado do Rio de Janeiro será contemplado, portanto, não há necessidade de deslocamento da população entre os municípios em busca da vacina. Toda a população do RJ, observando as contraindicações, será imunizada, de forma gradativa, até o fim deste ano.


-----

Se inscreva em nosso canal no YouTube e curta a nossa página no Facebook,
links logo aqui ao lado >>>

Nenhum comentário: