quarta-feira, 27 de julho de 2016

SAMSUNG ADMITE QUE SMART TV PODEM GRAVAR CONVERSAS PESSOAIS

Olá pessoal eu sou Daniel DeLucca e este é o Blog Contra a Nova Ordem Mundial, e hoje nós vamos falar de um assunto que gera muita polêmica nos dias de hoje, os smartphones e as smart tvs podem estar gravando conversas confidenciais transmitindo a terceiros? Eu separei uma matéria bem interessante do site "Truth Alerts" que confirma esta suspeita, vamos lá.

Matéria publicada no dia 15 de fevereiro por Jake Anderson, segue a matéria.


Samsung avisa clientes para pensar duas vezes sobre o que dizem perto das Smart TVs


Em um novo desenvolvimento preocupante no debate de vigilância do consumidor doméstico, uma investigação sobre as Samsung Smart TVs revelou que os comandos de voz do usuário são gravados, armazenados e transmitidos a terceiros. A empresa ainda adverte os clientes a não discutir informações pessoais ou confidenciais próximo dos aparelhos.


Isto está em contraste gritante com ações anteriores feitas por fabricantes de tecnologia, como o PlayStation , que negam veementemente que seus dispositivos registrem informações pessoais, apesar das evidências em contrário, incluindo a notícia de que hackers podem obter acesso a fluxos não criptografados de informações do cartão de crédito.

A nova controvérsia decorre da descoberta de uma única instrução da empresa Samsung na "política de privacidade", que afirma:

"POR FAVOR, SEJA CONSCIENTE DE QUE SE SUAS PALAVRAS FALADAS, INCLUIR INFORMAÇÕES PESSOAIS OU CONFIDENCIAIS, ESSAS INFORMAÇÕES ESTARÃO ENTRE OS DADOS CAPTURADOS E TRANSMITIDOS A TERCEIROS."

Isso provocou uma reviravolta entre o Daily Beast e a Samsung em relação não só a privacidade do consumidor, mas também sobre a questões de segurança. Se nossas conversas são "capturadas e transmitidas," hackers de espionagem podem ser capaz de usar as nossas "informações pessoais ou confidenciais" para uso indevido.

Há também a preocupação de que tal informação pode ser entregue a aplicação da lei ou agências governamentais. Com a revelação do  PRISM programa - pelo qual a NSA recolheu dados de Microsoft, Google e Facebook - e outros programas de espionagem da NSA, nem o governo nem o setor privado tem o benefício da dúvida ao afirmar que as tecnologia das empresas não são usadas para divulgar informação confidenciais do consumidor sob os propósitos da segurança nacional.

Michael Price , consultor do Programa Nacional de Segurança e Liberdade, afirmou:

"EU NÃO DUVIDO QUE ESTES DADOS SÃO IMPORTANTES PARA FORNECER CONTEÚDOS PERSONALIZADOS E CONVENIÊNCIA, MAS TAMBÉM É INCRIVELMENTE PESSOAL, SÃO INFORMAÇÕES PROTEGIDAS PELA CONSTITUIÇÃO E QUE NÃO DEVE ESTAR À VENDA PARA OS ANUNCIANTES, E DEVE EXIGIR UMA AUTORIZAÇÃO DA LEI PARA ACESSA-LAS."

Em resposta à controvérsia, a Samsung atualizou sua política de privacidade, e emitiu a seguinte declaração:

"O RECONHECIMENTO DE VOZ, QUE PERMITE AO USUÁRIO CONTROLAR A TV USANDO COMANDOS DE VOZ, É UMA CARACTERÍSTICA DA SAMSUNG SMART TV, QUE PODE SER ATIVADA OU DESATIVADA PELO USUÁRIO. O PROPRIETÁRIO TAMBÉM PODE DESLIGAR A TV A PARTIR DA REDE WI-FI."

Sob ainda mais pressão, a Samsung chamou sua filial de terceiros, Nuance Communications. Em uma declaração, Nuance Communications disse:

"A SAMSUNG É UM CLIENTE DA NUANCE COMMUNICATIONS. OS DADOS QUE NÓS RECOLHEMOS SÃO DADOS DE VOZ. NÓS RESPEITAMOS A PRIVACIDADE DE SEUS USUÁRIOS EM SEU USO DE DADOS DE VOZ CAPTURADOS. O USO DE TAIS DADOS SÃO PARA O DESENVOLVIMENTO E MELHORIA DO NOSSO RECONHECIMENTO DE VOZ E TECNOLOGIAS DE COMPREENSÃO DE LINGUAGEM NATURAL. CONFORME DESCRITO EM NOSSA POLÍTICA DE PRIVACIDADE, OS TERCEIROS TRABALHAM SOB CONTRATO CONOSCO, NOS TERMOS DO ACORDO DE CONFIDENCIALIDADE, PARA AJUDAR E ENTREGAR O RECONHECIMENTO DE VOZ E SERVIÇO DE LINGUAGEM NATURAL, E PARA NOS AJUDAR A DESENVOLVER, SINTONIZAR, APRIMORAR E MELHORAR SEUS PRODUTOS E SERVIÇOS."

"NÓS NÃO VENDEMOS OS DADOS DE FALA PARA EMPRESAS DE MARKETING OU PUBLICIDADE. A EMPRESA NÃO TEM UM RELACIONAMENTO COM AGÊNCIAS GOVERNAMENTAIS COM FINS DE REPASSAR DADOS DE CONSUMIDORES ... NÃO HÁ QUALQUER INTENÇÃO DE USAR ESTAS AMOSTRAS DE DADOS PARA RASTREAR PESSOAS OU USUÁRIOS ESPECÍFICOS."


Na página da Wikipédia Nuance menciona que a empresa mantém uma pequena divisão para o desenvolvimento do sistema militar do governo e, mas isso não é confirmado neste momento.

Apesar de estas empresas afirmarem que os nossos dados de comando de voz não estão sendo rastreados para usuários específicos ou, pior, armazenados para uso pelo governo ou agências policiais, parece que quando se trata de liberdades constitucionais dos civis, a linha que demarca onde começa nossa liberdade como civil esta sendo aos poucos apagada.

Durante anos, técnicos e usuários de dispositivos inteligentes, vem protestando para que as webcans e os dispositivos de gravação de voz não armazenem as nossas informações. Enquanto a Samsung pode estar dizendo a verdade sobre o uso desses dados, existem inúmeras empresas que integram tecnologia inteligente que não pode estar usando métodos de criptografia apropriados e pode ter variadas obrigações contratuais para com o reforço do governo ou da lei.

É realmente seguro para nós a assumir que a relação simbiótica agora muito evidente entre as corporações multinacionais e agências governamentais não incluem ainda uma porta giratória para o compartilhamento de dados confidenciais de consumidores?

PARA MAIS INFORMAÇÕES ACESSEM:

Nenhum comentário: