quarta-feira, 17 de agosto de 2016

ENCONTRADA NO BRASIL BACTÉRIA RESISTENTE A MAIORIA DO ANTIBIÓTICOS

Olá pessoal eu sou Daniel DeLucca sejam bem vindos ao Blog Contra a Nova Ordem Mundial, e hoje eu trago para vocês uma matéria que foi publicada no portal G1 na página do Bem Estar, que fala da "descoberta" aqui no Brasil de uma bactéria resistente à maioria dos antibióticos convencionais do mercado, vamos acompanhar a leitura da matéria.


Cientistas detectam no Brasil bactéria resistente à maioria dos antibióticos

Estudo reporta 1ª detecção numa pessoa no país; caso aconteceu no RN. 

Bactéria com o gene mcr-1 já havia sido encontrada em animais.

Matéria publicada do portal G1 na pagina do Bem Estar 
no dia 16 de agosto 
por Carolina Dantas, segue a matéria.


Pesquisadores brasileiros detectaram o primeiro paciente infectado pela versão resistente da bactéria Escherichia coli, que tem o gene mcr-1. Na prática, o micro-organismo sobrevive à ação da maioria dos antibióticos do mercado, como a colistina, um dos medicamentos considerados como o último recurso no tratamento de infecções que não respondem a outras drogas.

O estudo feito pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) foi publicado nas revistas científicas “Antimicrobial Agents and Chemotherapy” e “Eurosurveillance”. A bactéria foi detectada em um paciente de um hospital de alta complexidade em Natal, no Rio Grande do Norte.

Coautor da pesquisa, o médico Nilton Lincopan aponta que esse gene da Escherichia coli é o mesmo detectado nos Estados Unidos recentemente. Ele disse que esse tipo de bactéria é encontrada em diferentes habitats, incluindo a microbiota do intestino humano - a maioria das variedades da E. Coli não apresenta risco aos seres humanos.



“Tanto no caso do Estados Unidos como aqui no Brasil, e outros países onde foram encontradas cepas de Escherichia coli resistentes ao antibiótico colistina, a resistência apresentada foi devido à aquisição de um gene de resistência chamado de mcr-1”, explicou.

Ainda segundo o pesquisador, as bactérias são geneticamente versáteis “no sentido de que podem se tornar resistentes a uma condição de estresse à qual são submetidas”. Neste caso, ele diz que “existe a hipótese de que a pressão seletiva induzida pelo uso de colistina na produção agropecuária possa ter contribuído para o aparecimento da resistência a esta droga”.

O mesmo grupo do médico Nilton Lincopan já havia iniciado estudos de vigilância epidemiológica em amostras de origem humana, veterinária e ambiental, e obteve os primeiros resultados positivos para a identificação do gene mcr-1 em cepas de E. Coli de origem animal, com artigo publicado em abril deste ano.

Recentemente, outros pesquisadores do Rio Grande do Sul mostraram em uma pesquisa a presença da mesma bactéria resistente também em amostras de origem animal.

“A grande questão central é o fato de este gene estar presente em um elemento genético móvel, o plasmídeo, que pode ser transferido a bactérias da mesma espécie e até mesmo a espécies diferentes. Desta forma, cepas portadoras de outros genes de resistência aos antibióticos, ao adquirirem este gene mcr-1, poderiam ficar resistentes a múltiplos antibióticos, reduzindo as opções terapêuticas para o tratamento de uma infecção”, completou Lincopan.

Para mais informações acessem:

Então pessoal com vimos, essa bactéria é um versão do E. Coli com o gene "mcr-1" ou seja uma versão mais avançada ou por que não dizer "modificada".

O E. Coli é um grupo grande e diverso de bactérias. Embora a maioria das variedades de E. Coli sejam inofensivas, outras podem provocar doenças como diarreia, infecção urinária, doença respiratória, pneumonia e outras doenças. E ainda a E. Coli pode ser encontrada na água que bebemos mesmo que de forma inofensiva. 

Todas essas doenças são facilmente tratadas por antibióticos convencionais, agora imagina uma bactéria da E. coli que causa diarreia só que em uma versão "modificada" onde não tratamento por antibióticos?

Mas é claro que logo irão aparecer com um medicamento forte o bastante para deter essa bactéria, pense na "regra de tres"

1 - eles criam o problema(modificam a bactéria) 
2 - eles mostram o problema ao povo e o povo pede uma solução 
3 - eles dão a solução, ou seja mais um medicamento caro para você tratar a doença que eles mesmos criaram.

Isso é fato!

Bem pessoal, eu vou deixar um link logo aqui em baixo falando mais sobre o E. Coli, ok. Deixem nos comentário o que vcs acham sobre isso, e no mais eu vou ficando por aqui, eu sou Daniel DeLucca e esta é o canal Contra a Nova Ordem Mundial até a próxima!

Nenhum comentário: